30 de jul de 2010

Porque eu sou fã de Martha Medeiros...

Postado por Sandra Regina às 11:53 0 comentários
*
"Você é os brinquedos que brincou, as gírias que usava, você é os nervos a flor da pele no vestibular, os segredos que guardou, você é sua praia preferida, Garopaba, Maresias, Ipanema, você é o renascido depois do acidente que escapou, aquele amor atordoado que viveu, a conversa séria que teve um dia com seu pai, você é o que você lembra.
Você é a saudade que sente da sua mãe, o sonho desfeito quase no altar, a infância que você recorda, a dor de não ter dado certo, de não ter falado na hora, você é aquilo que foi amputado no passado, a emoção de um trecho de livro, a cena de rua que lhe arrancou lágrimas, você é o que você chora.
Você é o abraço inesperado, a força dada para o amigo que precisa, você é o pêlo do braço que eriça, a sensibilidade que grita, o carinho que permuta, você é as palavras ditas para ajudar, os gritos destrancados da garganta, os pedaços que junta, você é o orgasmo, a gargalhada, o beijo, você é o que você desnuda.
Você é a raiva de não ter alcançado, a impotência de não conseguir mudar, você é o desprezo pelo o que os outros mentem, o desapontamento com o governo, o ódio que tudo isso dá, você é aquele que rema, que cansado não desiste, você é a indignação com o lixo jogado do carro, a ardência da revolta, você é o que você queima.
Você é aquilo que reinvidica, o que consegue gerar através da sua verdade e da sua luta, você é os direitos que tem, os deveres que se obriga, você é a estrada por onde corre atrás, serpenteia, atalha, busca, você é o que você pleiteia.
Você não é só o que come e o que veste. Você é o que você requer, recruta, rabisca, traga, goza e lê. Você é o que ninguém vê.
"

29 de jul de 2010

Músicas que eu amo...

Postado por Sandra Regina às 17:41 0 comentários
Palpite
(Vanessa Rangel)

.
Tô com saudade de você
Debaixo do meu cobertor
E te arrancar suspiros
Fazer amor
Tô com saudade de você
Na varanda em noite quente
E o arrepio frio
Que dá na gente
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...
.
Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!...
.
Tô com saudade de você
Do nosso banho de chuva
Do calor na minha pele
Da língua tua
Tô com saudade de você
Censurando o meu vestido
As juras de amor
Ao pé do ouvido
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...
.
Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!

Aspas...

Postado por Sandra Regina às 17:32 0 comentários
..........
"Se a tua inveja fará ou não a minha fama, pouco me importo.
Mas, lembre-se:
Ela poderá matar a tua alma..."
.....

20 de jul de 2010

A todos os meus amigos....

Postado por Sandra Regina às 09:49 0 comentários
.
20/07 - Dia do Amigo
.
"Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade santidade.
Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta.
Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril"

19 de jul de 2010

Lispector...

Postado por Sandra Regina às 11:37 0 comentários
*
"Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito..."

Eternidade...

Postado por Sandra Regina às 11:33 0 comentários

***
"Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata...."
***
(Carlos Drummond de Andrade)

Amor...

Postado por Sandra Regina às 11:23 0 comentários
Cinco meses se passaram...


.
E eu só tenho a agradecer por tudo...
Amo demais!!!
.

16 de jul de 2010

Eu confio...

Postado por Sandra Regina às 16:18 1 comentários

"Confie sempre.
Não percas a tua fé entre as sombras do mundo.
Ainda que os teus pés estejam sangrando,
segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo.
Crê e trabalha.
Esforça-te no bem e espera com paciência.
Tudo passa e tudo se renova na terra,
mas o que vem do céu permanecerá.
De todos os infelizes, os mais desditosos
são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmo,
porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.
Eleva, pois, o teu olhar e caminha.
Luta e serve.
Aprende e adianta-te.
Brilha a alvorada além da noite.
Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração
e te atormente o ideal,
aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte.
Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia."
.
(Francisco Cândido Xavier)

Arrasada...

Postado por Sandra Regina às 15:57 0 comentários

Descobri hoje que a série da Família Dinossauros, que alegrou quem foi criança na década de 90 (como eu!), teve fim...

Mas não foi um simples fim. Eles MORRERAM (?!?!?!?!). E a culpa foi do Dino...

Melancólico ver o Dino pedindo desculpa a todos. Seria traumático, se eu ainda criança, ficasse sabendo disso...

(Descobri pq acompanho o blog cai muita chuva o link é esse aqui ó: http://caimuitachuva.blogspot.com/)

Enfim, tô arrasada....

15 de jul de 2010

Simplesmente Drummond...

Postado por Sandra Regina às 16:30 0 comentários

Amar

.


"Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?

amar e esquecer, amar e malamar, amar,desamar, amar?

Sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso, sozinho,

em rotação universal, senão rodar também, e amar?

amar o que o mar traz à praia, o que ele sepulta,

e o que, na brisa marinha, é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,

o que é entrega ou adoração expectante,

e amar o inóspito, o áspero, um vaso sem flor,

um chão de ferro, e o peito inerte,

e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.

Este o nosso destino: amor sem conta,

distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,

doação ilimitada a uma completa ingratidão,

e na concha vazia do amor a procura medrosa, paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor,

e na secura nossa amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita."

Pensa em mim...

Postado por Sandra Regina às 15:36 0 comentários
"Juntos no balanço da rede, sob o céu estrelado
O tempo pára quando eu tô seu lado
.
A noite chega, eu fecho os olhos e é você quem vejo
Como eu queria estar contigo, eu paro e faço um desejo
.
Pensa em mim
Que eu to pensando em você
.
E me diz
O que eu quero te dizer
.
Vem pra cá, pra eu ver que juntos estamos
E te falar
.
Mais uma vez que te amo..."

14 de jul de 2010

Por Vinícius de Moraes...

Postado por Sandra Regina às 17:22 0 comentários
*
"A Bíblia já dizia
Pra quem sabe entender
Que há tempo de alegria
Que há tempo de sofrer
Que o tempo só não conta
Pra quem não tem paixão
E que depois do encontro
Sempre tem separação
Que o dia que é da caça
Não é do caçador
E que na alternativa
Viva e viva
E viva o amor
A gente vem da guerra
Pra merecer a paz
Depois faz outra guerra
Porque não pode mais
E deixa andar e deixa andar
Até a guerra terminar
Vamos curtir, vamos cantar
Até a guerra se acabar"

Aspas...

Postado por Sandra Regina às 17:19 0 comentários
...
..
.
"A felicidade é para quem se basta a si próprio..."
.
..
...
 

Do meu jeito Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea